Biblioteca Helena Molina

Como todas as bibliotecas da FCCR, a Helena Molina, além de um vasto acervo de livros, também possui sala para leitura e outra para pesquisas e ainda uma área dedicada ao público infantil, bastante colorida e com mesas adaptadas.

Horário de funcionamento: De segunda a sexta-feira das 8h às 11h50, 13h às 16h50.

Site: http://www.fccr.org.br/index.php/espacos/todos/fccr

Email Público: [email protected]

Telefone Público: (12) 3905-3001

Endereço: Praça Emília Molina, 71, Eugênio de Melo, São José dos Campos

CEP:

Logradouro:

Número:

Complemento:

Bairro:

Município:

Estado:

País:

Região:

Estado:

Mesorregião:

Microrregião:

Município:

Zona:

Subprefeitura:

Distrito:

Descrição

A Biblioteca abriu em novembro de 2012 e funciona no antigo prédio da “Empresa de Força e Luz” de Eugênio de Melo.

O edifício, que foi doado pela família Molina, passou por uma restauração, que manteve suas características originais e ganhou ainda um prédio anexo com 120 metros quadrados.

O acervo da biblioteca, que funcionava na Casa de Cultura Rancho do Tropeiro Ernesto Villela, foi transferido para o novo espaço.

A “Empresa de Força e Luz” foi fundada entre 1923 e 1928. O espaço foi utilizado como escola de 1ª a 4ª séries até 1952, tornando-se, posteriormente, posto médico e sede do Eugênio de Melo Esporte Clube. Em 1994, por meio de pedido da comunidade, encaminhado à Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente e à presidência do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Artístico e Paisagístico (Comphac), o prédio foi tombado e declarado como bem de preservação.



Quem foi Helena Molina?

Helena Molina nasceu no Distrito de Eugênio de Melo em 1921, ela era assistente social e tinha a pintura como atividade de lazer.Ainda jovem, foi estudar em São Paulo e, quando retornou, continuou morando no distrito até 1970, quando mudou-se para a região central de São José dos Campos. Ela e sua família participaram ativamente do desenvolvimento do Eugênio de Melo.

A assistente social era uma ávida leitora, por esse motivo a biblioteca recebeu esse nome em sua homenagem. Ela faleceu em 2011.

Critérios de uso do espaço

Aqueles que quiserem levar os livros para casa terão que se cadastrar para a obtenção da carteirinha de leitor. Para isso, é necessário apresentar o documento de identidade, comprovante de endereço e uma foto 3x4.

Galeria

evento entre e

Publicado por

Biblioteca Helena Molina

Como todas as bibliotecas da FCCR, a Helena Molina, além de um vasto acervo de livros, também possui sala para leitura e outra para pesquisas e ainda uma área dedicada ao público infantil, bastante colorida e com mesas adaptadas.